Dicas para dobrar suas roupas

Tudo que a gente usa pode ser feito em tecido plano ou em “tecido que estica” – a gente não sabe se tem um nome específico pra isso ou se todo tecido que estica pode ser chamado de malha, então vamos chamar assim. Os tecidos planos são os que não tem elasticidade, que não se “abrem” quando a gente puxa de um lado pro outro. Os tecidos que esticam têm elastano na sua composição ou são confeccionados em malha, e eles esticam quando a gente puxa, grudam mais na pele, têm tramas que se abrem e são mais maleáveis. Identificar o que estica e o que não estica – ou o que é tecido plano e o que é malha – é essencial pra saber como acomodar da melhor forma tudo que a gente tem, pra que as roupas não acabem ou deformem antes do prazo de validade natural delas!
Peças feitas em tecido plano, que não esticam, podem ser penduradas em cabides. Tipo algodão de camisa, jeans e sarja, lã, sedas e tudo tudo tudo que não tiver nem um pinguinho de elasticidade. Em cabides apropriados pra cada tipo de roupa, de preferência!, com ombrinhos e presilhas e tals – nada de cabide de arame que vem de brinde da lavanderia, hein? Peças feitas em malha e tecidos que esticam não devem ser penduradas EM HIPÓTESE NEHUMA. Isso inclui blusinhas de viscolycra e todos os afins, tricôs – cardigans, suéteres, casaquinhos de crochê e tals, moletons, camisetas e mais. A gente sabe que tudo que fica pendurado fica mais bonitinho e amassa menos e fica mais visível e tals. Mas material que estica, quando fica pendurado, vai pesando e deformando nos ombros – ficando com a forma pontuda dos cabides e entortando costuras com o tempo, sabe como? Tecido plano a gente pedura no cabide, tecido que estica/malha a gente doooooooobra!
Ganhe espaço nas gavetas dobrando da maneira correta suas roupas e peças íntimas.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *